Prefeitura de Garanhuns

Prefeitura de Garanhuns
Prefeitura de Garanhuns

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

ESCOLA DE BRASÍLIA COMPARA SÉRGIO MORO AO DIABO

Tem um bloco carnavalesco em Brasília, criado na capital federal em plena ditadura militar e que se mantém vivo até os dias atuais, que escrachou os políticos e figuras do Judiciário brasileiro, no carnaval deste ano.

“Pacotão” - este o nome do bloco - desfilou no domingo e terça de carnaval, satirizando o peemedebista Michel Temer (saudado com uma marcha intitulada “O Presidente Despirocado”), o deputado Rocha Loures (aquele da mala de 500 mil reais) e o juiz Sérgio Moro.

Foliões do bloco carnavalesco compararam o juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação do ex-presidente Lula, ao diabo.

Teve faixa acusando o “golpe sujo” do impeachment e críticas ao governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), que tem enfrentado uma onda de notícias em sua gestão.


Numa festa irreverente em que o grande destaque foi a escola carioca Paraíso de Tuiuti, a política esteve presente em diversas cidades do país e os foliões escolheram em primeiro lugar os políticos para alvo de suas chacotas.

Um comentário:

  1. Com tantas e mais tantas, não dá para estranhar mais nada! Notem que o outro pilantra: João Doria quis aparecer numa foto com Zeca Pagodinho, num camarote de escola de samba, em São Paulo. Zeca Pagodinho torceu o nariz e não demonstrou nenhum interesse na tal foto... Até que alguém contornou para que Zeca aceitasse tirar a dita foto... Assim, saiu a foto com Zeca Pagodinho de cabeça baixa, tendo ao lado um jogador de futebol, fazendo questão de ficar longe do prefeito sacana. E mostrando todo o seu descontentamento! Enquanto isso, o embusteiro prefeito de São Paulo aparecia na outra ponta da mesa, todo sorridente... É muita cara de pau e falta de vergonha no focinho de um prefeitinho tão ordinário. /.

    ResponderExcluir