Lembrando o Natal Luz

Lembrando o Natal Luz
Sucesso!!!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

AVICULTURA FORTALECE O PIB DE SÃO BENTO DO UNA

De acordo com a avaliação da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM), o município de São Bento do Una tem se destacado em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

Os dados do órgão estadual indicam que São Bento está atrás apenas de Petrolina, no Sertão, ocupando o 2º lugar no setor de agropecuária, com 8,5% de participação em Pernambuco. O município sertanejo chega a 10,1%.

O principal motivo para a boa situação econômica de São Bento do Una, é a produção de ovos, que chega a cinco milhões de unidades por dia, e efetivos de aves, com media de 170 mil quilos de frango por semana, de acordo com informações da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe).

Os números são mais significativos quando examinados em nível regional e nacional. No Nordeste, o município pernambucano ocupa a nona posição no ranking do PIB em se tratando do setor agropecuário.  No país está na 48ª posição, entre os mais de cinco mil cidades brasileiras.

Além da força da avicultura, São Bento do Una ainda se destaca na pecuária, principalmente no ramo de laticínios e também na horticultura, em menor escala. Vale ressaltar que o município, juntamente com Itapissuma, foram os únicos que não tiveram o setor de serviços como principais atividades do Produto Interno Bruto.

São Bento se destacou, como mencionado, na agropecuária, e Itapissuma no setor industrial.

EVOLUÇÃO – Mesmo com a crise hídrica que castiga a maior parte do Agreste de Pernambuco, São Bento conseguiu elevar o PIB, no ano de 2014, em comparação ao ano anterior, passando a ter uma participação de 0,47% do total do Estado. Em 2012 esse número era 0,46%.

Em valores financeiros esse percentual representa R$ 734. 172, 40, em 2014, quando em 2013 era de R$ 649. 596,00. Não é à toa que a importância de São Bento do Una, maior produtor de ovos e aves do Norte/Nordeste, tem merecido destaque em todo o país. É o município que mostra um Nordeste que produz.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Bento do Una. Foto do Google.

3 comentários:

  1. Mais em compensação secaram duas barragens e vão secar mais se tiver-se deixado tirar a água do cajueiro seria a terceira a secar

    ResponderExcluir
  2. Eu tive uma conversa franca e leal com um ex-gerente do Banco do Nordeste,Paulo cunhado do Prefeito Marquidoves sobre os empréstimos feitos pelo Banco do Nordeste.

    E nessa conversa de mais de uma hora com Paulo ele me deixou um pouco tranquilo com relação aos empréstimos feitos pelo Banco do Nordeste para ver o Nordeste crescer e produzir.

    O Paulo chegou a dizer a mim que no início do Real em 1994 o empresário Zé de Almeida de São Bento do Una lhe procurou para alavancar um grande empréstimo para o crescimento de sua empresa.Na época ele pediu R$ 12.000.000,00 emprestado.

    Toda as diretorias do Banco do Nordeste vieram até Garanhuns numa mesa redonda questionaram como o Banco iria emprestar tanto dinheiro a uma pessoa só? E ele respondeu aos gerentes de que teria feito uma visita a empresa e aos negócios do Zé de Almeida e que ele sentiu que ele poderia crescer muito.

    Hoje, relembra Paulo, o Zé Cresceu junto com suas empresas gerando emprego e renda não somente em São Bento do Una,mas em todo o Nordeste do Brasil.Depois todos os gerentes vieram me cumprimentar pelo grande investimento feito e que hoje o Zé de Almeida conseguiu expandir seus negócios para todo o Brasil.

    A visão do Lula com a Transposição do Rio São Francisco e a visão do Eduardo Campos com a Adutora do Agreste resolverá em grande parte as questões cruciais da falta d!agua em todo o Nordeste brasileiro.

    As três barragens que abastecem o Município de Lagoa do Ouro secaram e nos 12 discursos que eu fiz no ano passado nas eleições de Lagoa do Ouro alertei o Prefeito Marquidoves Vieira Marques de que ou se investe na construção de uma grande barragem em Igapó com mais de 20 hectares nas terras do prefeito eleito de Quebranagulo -AL , Marcelino Lima e nas barragens do Riacho da Palha e da Cova Triste, nós de Lagoa do Ouro,veremos todos os anos a seca baterem as nossas portas por falta de água.

    ResponderExcluir
  3. Vejo em blogs da Capital que o grupo Petribu acaba de lançar o Shopping Center de Carpina.
    Enquanto isso, os chefetes de Garanhuns continuam arengando com o governo estadual, investindo em políticos que foram incompetentes até na gestão das próprias empresas.
    Xau shopping das flores. Só se for corôa de flores.
    Vai ser mais fácil Bom Conselho ou Lajedo ter um shopping do que Garanhuns.
    Deus queira que eu esteja enganado.

    ResponderExcluir