FIEPE

FIEPE

terça-feira, 19 de agosto de 2014

WILLIAM BONNER GANHA A FAIXA PRESIDENCIAL

Muita gente não gostou da postura do jornalista William Bonner no Jornal Nacional ao entrevistar a presidente Dilma Roussef. O apresentador foi bombardeado nas redes sociais e fizeram inclusive uma montagem com o profissional da Rede Globo usando a faixa presidencial.

O apresentador interrompeu Dilma 21 vezes durante a entrevista e gastou 1 minuto e 39 segundos para fazer a primeira pergunta. Qualquer pessoa que passou por uma escola de jornalismo ou freqüentou a redação de um grande jornal sabe que esse comportamento é inaceitável. Outra do Bonner é que ele usou sete vezes a expressão “escândalo de corrupção”. A repetição abusiva de qualquer palavra ou frase também não se admite num jornalista de gabarito.

William Bonner certamente sabe dessas regrinhas que se aprende desde a faculdade. Mas talvez querendo mostrar serviço aos seus patrões – que apoiaram a ditadura, Collor, Sarney e Fernando Henrique – esqueceu os manuais de redação e de entrevistador passou a “interrogador”, como se estivesse numa delegacia.

Em 1989 a Globo elegeu Fernando Collor presidente e ninguém pode fazer nada contra seu poderio. Atualmente, com a internet – os blogs, as redes sociais – a situação é bem diferente daquela época e a emissora é contestada em “tempo real” depois de se comportar abertamente como se fosse um partido de oposição.

Razão tinha Brizola quando enfrentava a TV Globo e Roberto Marinho e deixava claro que se chegasse à presidência iria dar um basta à manipulação.

Por sinal esta emissora que tão bem sabe criticar os problemas do Brasil, fala em corrupção e quer responsabilizar o governo atual por questões que vêm da época da colonização, deve milhões de impostos sonegados ao Estado Brasileiro e deixa de pagar uma fábula de tributos graças à esperteza do Criança Esperança.

Ninguém imagine que tanto interesse na sua doação tem como principal foco ajudar as crianças. Indiretamente a Globo ganha muito com o programa. Então tudo não passa de uma grande jogada comercial.

O Governo de Dilma e o PT têm muitas falhas, precisa haver oposição, crítica e cobrança. Uma coisa, porém é a reivindicação legítima do povo e de quem tem voto, outra diferente é o posicionamento político a serviço de setores minoritários, por parte de uma empresa que existe graças a uma concessão pública.

Logicamente muita gente que vê a vida através da televisão, das novelas e dos telejornais, acha que William Bonner, Patrícia Poeta e Alexandre Garcia (que foi Secretário de Imprensa do Governo do General Figueiredo) são os tais.

Quem lê, quem fez uma boa faculdade, quem tem consciência política e defende uma vida digna para a maioria da população não pode compactuar com a manipulação e a pouca vergonha.

Temos mais é de mostrar a cara e não ter medo dos raivosos e alienados. Os analfabetos políticos, os desinformados de toda espécie e os omissos é que abrem caminho para o crescimento das correntes fascistas ou totalitárias que tantas vezes trouxeram sofrimento ao povo.

William Bonner, Patrícia Poeta, Faustão, Pedro Bial e tantos outros medalhões da TV Globo deviam ter vergonha por viver, de uma maneira ou de outra, alienando e enganando o povo brasileiro.

O INÍCIO DA PROPAGANDA ELEITORAL

O horário eleitoral estreou hoje sem nada de excepcional por parte dos candidatos. Aécio Neves (PSDB) teve um programa bem produzido tecnicamente, disse que os problemas do Brasil são de responsabilidade do Governo e criticou a falta de comando no Poder Executivo. Enfatizou que o país precisa de mudanças e procurou se mostrar como a alternativa confiável para fazer as transformações que o povo deseja.

Os candidatos “nanicos” e da esquerda mais radical não acrescentaram nada, com exceção de Luciana Genro, do PSOL, que estava muito à vontade na TV. Pena que o seu tempo na telinha seja tão curto.

João Santana foi o marqueteiro competente de sempre. Ele é responsável pelo programa de Dilma Roussef que tem mais tempo e explorou desde aspectos da vida pessoal da candidata até as ações mais importantes do governo nos últimos quatro anos.

O programa procurou humanizar a presidente, que segundo a propaganda eleitoral gosta de cozinhar e sente saudades da família, principalmente da neta.

Tanto os candidatos majoritários quanto os proporcionais abusaram de usar a imagem do ex-governador Eduardo Campos. No programa do PT, coube ao ex-presidente Lula dar uma pequena palavra para homenagear o socialista, que foi Ministro de Ciência e Tecnologia do seu governo.

Por enquanto ainda é cedo para saber os impactos que a propaganda eleitoral vai causar na campanha e se será capaz de mudar alguma coisa nas intenções de voto dos brasileiros.

ROMÁRIO NÃO VÊ RENATA COMO CANDIDATA

Político experiente, que já exerceu os mais diversos cargos públicos, o petebista Romário Dias avalia com cuidado a cena pernambucana após a morte do ex-governador Eduardo Campos. A seu ver a viúva do líder socialista, Renata, não disputará nenhum cargo público, como está se especulando.

Ele conhece a família de perto, já esteve do mesmo lado de Eduardo em alguns momentos e pelo que percebe a ex-primeira dama irá se dedicar inteiramente aos filhos, que precisam muito dela neste momento. “Ela é funcionária do Tribunal de Contas e estava de licença. Para ser candidata a algum cargo precisava ter se afastado dentro de um prazo legal”, esclareceu.

Romário acredita que os próprios correligionários de Eduardo Campos e Paulo Câmara estão alimentando a possibilidade de Renata ser candidata, agindo mais pela emoção, devido ao impacto da morte do ex-governador.

O ex-conselheiro do Tribunal de Contas lamentou muito a tragédia e disse que o acidente e a morte do socialista causou um trauma enorme na política estadual e nacional, porque foi um fato completamente fora do normal, pegando todos de surpresa.

Candidato a deputado estadual na Coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Romário Dias elogiou a atitude do senador Armando Monteiro de guardar o luto na campanha até o final desta terça-feira, dia em que será celebrada a missa de sétimo dia.

Segundo o petebista, o grupo de Armando Monteiro se preparou para ganhar a eleição em Pernambuco disputando no voto, enfrentando o candidato de Eduardo com ele no palanque. “As circunstâncias criaram outra situação e é preciso muita serenidade e bom senso para fazer política de agora por diante”, defendeu.

CAPOEIRAS – A partir de amanhã os candidatos majoritários e proporcionais da Coligação Pernambuco Vai Mais Longe começam a voltar às ruas e visitar os municípios do interior. Nesta quarta-feira Romário Dias vai estar em Araripina, na sexta-feira comparece a Capoeiras e no sábado e domingo estará em Palmeirina, Correntes e Lagoa do Ouro.

Romário disse que mais de uma dezena de prefeitos estão para anunciar adesão à candidatura de Armando Monteiro, porém o ato de formalização de apoio foi adiado por questão de respeito ao ex-governador que deixou o nosso convívio.

BONNER ATROPELA DILMA NO JORNAL NACIONAL

Entrevistada ontem à noite no Jornal Nacional, por William Bonner e Patrícia Poeta, a presidente Dilma Roussef (PT) recebeu um tratamento diferenciado, em relação a Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), entrevistados na semana passada.

Bonner e Patrícia foram duros com Aécio, incisivos com Eduardo e nitidamente tiveram má vontade com a petista. O apresentador do Jornal Nacional, na verdade, parecia o Faustão, e praticamente não deixou a presidente da República falar.

Diante da metralhadora de perguntas dos dois jornalistas – que usaram perto de 5 minutos do tempo para falar, deixando pouco mais de 10 minutos para a entrevistada – Dilma se manteve calma e encarou as questões, mas em nenhum momento deixaram que a candidata concluísse as respostas.

No início da entrevista, Bonner passou um tempo enorme falando dos escândalos do governo e ele mesmo tratou de atrelar a gestão à corrupção.

Dilma disse que nenhum governo procurou combater os malfeitos como os do PT. Lembrou que ela e Lula deram poderes como nunca a Polícia Federal, criaram a Controladoria Geral da União e deram autonomia ao Procurador Geral da República, que antes da administração atual vivia a engavetar as denúncias e processos.

O jornalista interrompeu e falou da troca de ministros, perguntando por que ela tirava alguém acusado de irregularidades e nomeava pessoas do mesmo partido. Para completar o apresentador ainda lembrou que a elite do PT foi condenada pelo Superior Tribunal Federal e indagou se a dirigente do país não era condescendente com os corruptos, tratados pelo partido como heróis.

Dilma Roussef lembrou ao jornalista que é presidente da República e nessa condição não cabe se pronunciar sobre os julgamentos do STF. “Os poderes são independentes e têm de ser respeitados”, frisou.

Foi então que entrou Patrícia Poeta traçando um quadro triste da saúde no Brasil, para depois perguntar: “O PT está há 12 anos no poder, não é tempo suficiente para resolver os problemas do setor?"

A presidente reconheceu que existem problemas, defendeu uma reforma federativa e citou iniciativas do Governo para melhorar a saúde, como a criação e ampliação do SAMU e o programa Mais Médicos.

Segundo Dilma, com esse programa 50 milhões de brasileiros que não tinham acesso a um profissional de medicina passaram a ser atendidos. Ela salientou ainda que na contratação primeiro foram chamados médicos brasileiros, depois médicos brasileiros ou estrangeiros com formação no exterior, mas que só se conseguiu um número necessário com a importação dos cubanos.

Já no final do programa Bonner traçou um quadro catastrófico da economia e quis saber qual a responsabilidade do Governo pelo baixo crescimento do país e pela inflação.

A candidata-presidente situou a crise nacional como reflexo da internacional e destacou o fato da gestão ter combatido a situação sem causar desemprego e desonerar os salários. Disse também que a inflação caiu nos últimos meses e há uma previsão de que a economia brasileira reaja, neste segundo semestre.

Dilma não conseguiu dizer suas propostas prioritárias como candidata a presidente por que foi interrompida – até de maneira um tanto deseducada por William Bonner. Alguém precisa lembrar para o apresentador do Jornal Nacional que ele e sua colega se empolgaram demais e usaram um terço do tempo destinado a entrevista.

Irritado com o comportamento dos repórteres, o jornalista Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, chamou Poeta e Bonner de “casal de Mauricinhos” e de “energúmenos”.

“A data dessa sessão de tortura midiática entra agora para a história do jornalismo brasileiro como exemplo de falta de compostura profissional. Bonner e Poeta teriam feito papel menos odioso se emulassem os energúmenos que, na abertura da Copa, vociferaram o infame Dilma, VTNC. Só faltou berrarem isso diante da presidente da República”, protestou Guimarães.
O Portal G1, das Organizações Globo, publica uma matéria sobre a entrevista como se esta tivesse sido conduzida com profissionalismo. Não foi. O vídeo está disponível na internet para todo mundo ver e quem assistir com isenção e não movido pelo rancor ou pela ideologia irá conferir que o casal foi partidário e nitidamente revelou antipatia pela presidente da República.

GUIA ELEITORAL FAZ HOMENAGEM A EDUARDO

A propaganda eleitoral começou hoje pela manhã, no rádio,  e à tarde e noite chegará também à televisão.

Na estreia tanto o PSB quanto o PT fizeram homenagens a Eduardo Campos.

O programa do Partido Socialista foi todo dedicado ao ex-governador pernambucano, com destaque para gravações feitas sobre o atual momento político.

No Guia do PT a estrela foi Lula, que revelou estar traumatizado com a morte de Eduardo, segundo ele “um grande companheiro”.

SESI CULTURA LEVA CINEMA A CAPOEIRAS

A 13ª edição do Cine Sesi Cultural chega ao município de Capoeiras, a partir desta sexta-feira (22) e segue até o próximo domingo (24). O projeto, que passa pela décima vez em Pernambuco, tem por finalidade levar a sétima arte aos moradores do interior do país. As projeções são gratuitas e serão exibidas na praça João Borrego, sempre ao ar livre, a partir das 18h30. Na programação, os espectadores assistirão um curta e um longa-metragem por dia.
O Cine Sesi Cultural, realizado pelo SESI e idealizado pela diretora de criação, Lina Rosa Vieira, segue no estado até outubro e contemplará nesta etapa 38 municípios. Em Pernambuco o projeto já atingiu 880 mil pessoas. Nacionalmente, o projeto já passou por mais de 600 cidades do interior de 12 estados do país, algumas dessas cidades mais de uma vez. Ao todo, mais de 4,3 milhões de pessoas, gente que, na sua grande maioria, nunca havia visto cinema na vida, tiveram a oportunidade de ter acesso às projeções.
Segundo a diretora de criação, Lina Rosa Vieira, o projeto busca incentivar a reabertura ou abertura das salas de projeção nas cidades. “O projeto nasce para o interior porque na região metropolitana você ainda tem algum tipo de acesso”, explica. Ainda de acordo com Lina Rosa, ao proporcionar a experiência cinematográfica dentro da comunidade, se consegue uma média de mil pessoas por sessão, um número muito acima do que se costuma ter nas salas de projeção das capitais.
Seguindo com a programação em Pernambuco, o Cine Sesi Cultural, estará no próximo final de semana, de 29 a 31 de agosto, nos municípios de Pombos (Pátio de Eventos) e, em Caetés (Pátio da Igreja Matriz de São Caetano).
Filmes do Cine Sesi Cultural – 2014

CURTAS
Pimenta
Sinopse:
Interior da Bahia. Anos 60. Não fosse a garrafa de pimentas que seu pai ganhara de presente, seria uma tarde qualquer para Zeca. Era uma garrafa linda, mas muito perigosa. Ele tinha que se livrar dela.
Ficha Técnica:
Roteiro e Direção: Eduardo Mattos
Produção Executiva: Victor A. Biagioni e Juliana Vicente
Direção de Fotografia: Taís Nardi
Montagem: Daniel Ribeiro
Empresa Produtora: Preta Portê Filmes
Elenco: Sandra Corveloni, Gustavo Mattos e Eduardo Melo.

A Menina Espantalho
Sinopse:
Conta a história de Luzia, uma menina que mora com seus pais e o irmão Pedro no campo. Quando Pedro começa a frequentar a escola, Luzia manifesta vontade de acompanhar o irmão. O pai autoritário não respeita do desejo da filha e ainda a obriga a espantar os pássaros da sua plantação de arroz. Mesmo vivendo essa adversidade, Luzia dá a volta por cima e aprende a ler no meio do arrozal.
Ficha Técnica:
Gênero: Ficção Subgênero: Infantil Diretor: Cássio Pereira dos Santos Elenco: Jane Silva, Otávio Santiago, Pâmela Silva, Vinícius Ferreira
Duração: 13 min
Ano: 2008
País: Brasil
Local de Produção: DF
Cor: Colorido
Classificação: Livre

Leonel Pé de Vento
Sinopse:
Leonel nasceu pé-de-vento e por isso vive isolado. Quando Mariana se aproxima dele, os dois descobrem a importância da amizade e da convivência com as diferenças.
Ficha Técnica:
Gênero: Animação Subgênero: Infantil, Romance, Cinema Fantástico Diretor: Jair Giacomini Duração: 15 min
Ano: 2006
País: Brasil
Local de Produção: RS
Cor: Colorido
Classificação: Livre

LONGAS
Cine Holliúdy
Sinopse:
Interior do Ceará, década de 1970. A popularização da TV permitiu que os habitantes da cidade desfrutassem de um bem até então desconhecido. Porém, o televisor afastou as pessoas dos cinemas. É aí que Francisgleydisson entra em ação. Ele é o proprietário do Cine Holiúdy, um pequeno cinema da cidade que terá a difícil missão de se manter vivo como opção de entretenimento.
Ficha Técnica:
Elenco: Edmilson Filho, Miriam Freeland, Roberto Bomtempo, Rainer Cadete, João Netto, Karla Karenina, Jorge Ritchie, Falcão, Rambú Coti, Ari Shelock, Haroldo Guimarães e Fernanda Callou.
Direção: Halder Gomes
Ano: 2012
Gênero: Drama/Comédia
Duração: 91 minutos
Distribuidora: Paris Filmes
Classificação: 12 anos

A Busca

Sinopse:
Um pai – o médico Theo Gadelha (Wagner Moura), 35 anos – é obrigado a jogar-se na estrada em busca de seu filho Pedro (Brás Antunes) que desaparece no fim de semana em que completaria 15 anos. O repentino e inexplicável sumiço do filho é a última carta a desabar no castelo de Theo. Seu casamento de 15 anos com Branca – médica como ele – acaba de ruir. Theo saiu em busca do filho, mas acaba encontrando seu pai, com quem não fala há vários anos. De cara para o pai, enxerga a si mesmo, redescobre o filho e se desarma com a mulher que nem por um momento deixou de amar.
Ficha Técnica:
Gênero: Drama/Aventura
Direção: Luciano Moura
Roteiro: Helena Soates
Elenco: Wagner Moura, Lima Duarte, Mariana Lima, Brás Antunes
Produção: Fernando Meirelles - O2 Filmes
Duração: 96 minutos
Ano: 2012
País: Brasil
Cor: Colorido
Distribuidora: Downtown Filmes
Classificação: 12 anos

A Era do Gelo 4
Sinopse:
Sempre em busca de sua cobiçada noz, o esquilo Scrat provoca, sem querer, a separação dos continentes. A situação provoca mudanças no terreno de vários locais, entre eles onde os amigos Manny (Ray Romano/Diego Vilela), Diego (Denis Leary/Márcio Garcia) e Siid (John Leguizamo/Tadeu Mello) estão alojados. Um terremoto faz com que o trio fique preso em um iceberg, enquanto que Ellie (Queen Latifah/Carla Pompílio) e a pequena Amora (Keke Palmer/Bruna Laynes) permanecem no continente. Em alto mar, Manny promete que irá encontrá-las a qualquer custo, mas para tanto precisará enfrentar perigosos piratas e o canto das sereias.Ficha Técnica:
Gênero: Infantil / Animação
Direção: Steve Martino, Mike Thurmeier
Roteiro: Michael Berg, Jason Fuchs, Mike Reiss 

(Bruno Xavier, da Aponte Comunicação)

CAETÉS DIVULGA PROGRAMA DA FESTA DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO MUNICÍPIO

Caetés comemora no dia 13 de setembro, a sua Emancipação Política Administrativa. Este ano o município completa 51 anos de emancipado do município de Garanhuns. Para festejar a data de aniversário da cidade o Governo Municipal preparou uma grande programação festiva, com início na quinta-feira dia 11, e enceramento no domingo, dia 14.

A programação conta este ano com o retorno do carnaval fora de época - CAETÉS FEST, que já foi uma tradição na região com os desfiles dos blocos carnavalescos da cidade puxados pelos trios elétricos e bandas.  No pátio de eventos vai haver apresentações de shows musicais de nível nacional. A festa vai contar também, com o Projeto Radiola de Ficha, que abre espaço para os cantores populares da região.

O programa é apresentado pelo radialista Marcos Cardoso e vai ao ar pela Rádio Marano FM de Garanhuns.

As comemorações serão encerradas com o grandioso desfile cívico no centro de Caetés. Participarão do momento cívico as escolas e colégio da rede municipal, o colégio da rede estadual localizado na cidade, e escolas particulares, além da participação do Exercito Brasileiro através do 71 BI mtz. No mesmo evento acontece o encontro de bandas e fanfarras.

PROGRAMAÇÃO:



11/9 – Abertura  Avenida Luiz Pereira Júnior
Atração: TRIO ASAS DA AMÉRICA COM VÂNIO BAHIA
Horário: 22:00 às 00:00
Palco – Pátio de Eventos WESLEY SAFADÃO E GAROTA SAFADA
Situado por trás da Casa de Eventos Municipal
Horário: de 00:00 h às 03:00 hs.
          

12/9 -  Avenida Luiz Pereira Júnior


Atração: Trio Asas da América com MARRETA É MASSA
Horário: 22:00 às 00:00
Palco – Pátio de Eventos BANDA FORRÓ DA PEGAÇÃO
Situado por trás da Casa de Eventos Municipal
Horário: de 00:00 h às 03:00 HS.
       

13/9 –   RADIOLA DE FICHA, ARTISTAS LOCAIS E BANDA DE AXÉ
Horário: de 11:00 hs às 18:00 hs
       

14/9 –  DESFILE CÍVICO E ECONTRO DE BANDAS E FANFARRAS
 Avenida Luiz Pereira Júnior
Horário: 08:00 às 13:00 hs.
       

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

RENATA CAMPOS PODE SER O NOVO TRUNFO DO PSB

Enquanto a imprensa estadual e nacional estranha Renata Campos não ter citado o nome de Marina (ver post logo abaixo), na reunião realizada pelos socialistas hoje, no Recife, pessoas ligadas ao ex-governador, no Agreste Meridional, admitem mudanças na chapa do PSB.
Uma informação que chegou ao Blog - via socialistas ligados a prefeitos da região - é que Renata será candidata sim. Mas tanto pode ir para o plano nacional, com Marina, quanto poderá ser candidata ao senado em Pernambuco. Nesta hipótese Fernando Bezerra Coelho seria o candidato a vice-presidente da República.
Tudo é possível acontecer nas próximas 24 ou 48 horas. O que não há dúvida é que Renata está disposta a entrar pra valer na campanha para defender as ideias de Eduardo.
Nesta terça (19) com o início do Guia Eleitoral, será possível perceber o que os governistas estão ensaiando para a campanha estadual.
Na quarta-feira a gente já vai saber como fica a chapa do PSB, no plano nacional e se teremos mudança também no âmbito regional.

RENATA ASSUME POSIÇÃO DE FRENTE NA CAMPANHA

Ao falar publicamente pela primeira vez desde a morte do marido Eduardo Campos, a viúva Renata Campos disse hoje (18), no Recife, que a partir de agora dará prosseguimento aos sonhos e projetos do ex-governador pernambucano. "Participei a vida inteira de campanha, não será diferente com esta. Com uma diferença: tenho que participar por dois", disse Renata, apontada como possível candidata à vice na chapa do PSB na disputa à Presidência. "Depois de todos esses anos sabendo que muitas coisas precisam ser feitas ainda, precisamos garantir essa vitória para esse sonho ir adiante", acrescentou Renata, acompanhada de três dos cinco filhos.
O presidente da sigla, Roberto Amaral, disse que, com a morte de Eduardo Campos, Renata passou a ser "a grande liderança do PSB". "Depois de Arraes e de Eduardo, nosso partido tem uma nova liderança. Essa liderança magnífica que é a alma do nosso partido, das nossas entranhas, que representa o povo brasileiro. A grande liderança do partido é Renata Campos", discursou. "Quem olhar para Renata verá Eduardo comandando a campanha", acrescentou o presidente do partido. "A maior prova de amor por Eduardo será fazer o que ele desejava, que era eleger o novo presidente do Brasil e o novo governador de Pernambuco".
Aparentando timidez, Renata optou por ler um discurso previamente pronto. Agradeceu o apoio e as manifestações de carinho dos pernambucanos e ordenou aos correligionários que mantenham "tudo como Eduardo deixou".
Em evento de campanha para o governo de Pernambuco, várias lideranças do PSB usaram a morte de Eduardo Campos como mote eleitoral do partido. "Nosso líder, nosso guerreiro não morreu. Ele está vivo nos nossos corações", discursou Fernando Bezerra Coelho, candidato ao Senado pelo PSB. "A partir de agora, quem não está com Paulo Câmara não está com Eduardo Campos", acrescentou o próprio Paulo Câmara, candidato do PSB ao governo do estado.
No último final de semana, o presidente do PSB antecipou que o primeiro programa eleitoral do partido na televisão e no rádio, que começa a ser veiculado amanhã, será "plástico" em homenagem à memória do ex-presidenciável, que morreu no último dia 13, em um acidente aéreo na cidade de Santos, em São Paulo. (Do jornalista Ivan Richard, enviado especial da Agência Brasil ao Recife).
Carlos Madeiro, repórter do Portal UOL, também cobriu a reunião de Renata e lideranças socialistas, no Recife. O jornalista do Grupo Folha, assim como fez o Pernambuco 247, destacou o fato da viúva de Eduardo Campos não ter feito nenhuma citação ao nome de Marina Silva durante o encontro.
*A foto foi capturada no Portal UOL.

PSB VOLTA A FAZER PROPAGANDA ELEITORAL E PTB MANTÉM O LUTO ATÉ A QUARTA-FEIRA

Carros de som rodaram Garanhuns o dia inteiro fazendo propaganda do candidato do PSB ao Governo, Paulo Câmara. E uma gravação de Eduardo Campos recomendando o voto no socialista foi repetida à exaustão. Já que o ex-governador não conseguiu em vida convencer o pernambucano a votar no ex-secretário da Fazenda, agora querem usar a sua morte para tentar reverter os números desfavoráveis.

Do lado dos oposicionistas, a orientação do senador Armando Monteiro (PTB) é que nenhuma propaganda de sua coligação seja feita até a quarta-feira. O luto será respeitado até amanha, terça, quando na capital e muitas cidades do interior serão celebradas missas de sétimo dia pela alma de Eduardo Campos.

GARANHUNS CELEBRA MISSA POR EDUARDO CAMPOS

Nesta terça-feira, 19, será celebrada uma missa pela alma do ex-governador Eduardo Campos na Capela do Seminário São José, na Avenida Rui Barbosa, em Garanhuns. São convidados todos os amigos e admiradores do líder político socialista que nos deixou precocemente e de forma trágica.

No convite é feita a sugestão para os que pretendem acompanhar a missa o façam vestidos de branco, a cor escolhida por Eduardo em sua caminhada rumo à presidência da República.

POSTO DE SAÚDE DE HELIÓPOLIS É ASSALTADO

O Posto de Saúde da Família da Rua Augustinho Branco, no bairro de Heliópolis, foi assaltado na madrugada desta segunda-feira. Os ladrões levaram quase tudo do local, incluindo equipamentos do dentista, nebulizador e até os medicamentos. Os funcionários do PSG, quando chegaram para trabalhar, logo cedo, ficaram desolados com os estragos. Não é a primeira fez que o posto, localizado nas proximidades do Colégio Elvira Viana, sofre com a ação dos marginais.

Há pouco tempo a Prefeitura de Garanhuns fez uma reforma no PSF de Heliópolis e agora aparecem bandidos para arrombar o prédio, levar o que tem e causar prejuízos à comunidade. Lamentável.

PEDRO FALCÃO RECEBE APOIO DO PREFEITO IZAÍAS RÉGIS COMO CANDIDATO A REITOR DA UPE

O prefeito Izaías Régis (PTB) recebeu em seu gabinete o professor Pedro Falcão, da UPE, e anunciou que vai apoiar sua candidatura à Reitoria da Universidade de Pernambuco.

O professor deixou na semana passada o cargo de Secretário Executivo de Ciência e Tecnologia do Estado para concorrer ao cargo de Reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), eleição que envolve a comunidade acadêmica. “Nós atendemos a um pedido de um grupo de alunos, de professores e de outros colegas para enfrentar esse desafio e vamos trilhar por esse caminho na esperança do êxito”, pontuou Pedro Falcão.
Durante a conversa o Prefeito Izaías Régis deixou clara a sua posição de torcedor e apoiador da candidatura de Pedro Falcão e enalteceu o amigo. “Pedro sempre demonstrou uma grande habilidade gestora, mostrou isso à frente da direção da UPE/Garanhuns, depois como pró- reitor administrativo da UPE, como Secretário Executivo de Ciência e Tecnologia, e eu não tenho nenhuma dúvida que chegando à reitoria fará uma grande gestão”, afirmou o prefeito Izaías Régis.
O momento também serviu para reafirmar a parceria entre o município e a Universidade, que acontece entre outras ações, pelo convênio com a Secretaria de Educação que deve formar em breve 50 professores municipais na Pós Graduação. “A Universidade de Pernambuco é parceira do desenvolvimento de Garanhuns. E o prefeito Izaías Régis tem nos ajudado a reforçar esse compromisso”, afirmou Pedro Falcão.
Pedro Falcão encabeça a chapa Compromisso e Participação, que tem como candidata à vice a atual diretora do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), Maria do Socorro Cavalcanti. A eleição está marcada para ser realizada no dia 30 de setembro. (Texto: Jornalista Jacqueline Menezes). 

OPINIÃO - O professor é natural do município São João, porém tem toda uma vida dedicada a Garanhuns, principalmente à UPE. Sua chegada à Reitoria da Universidade com certeza é altamente positiva e seria quase uma certeza de que a cidade poderia ganhar novos cursos de nível superior.


MORRE O PAI DE WASHINGTON CADETE

Morreu hoje pela manhã, num hospital de Garanhuns, o senhor José Cadete da Silva, 84 anos, pai do ex-vereador e candidato a deputado estadual Washinton Cadete, de São Bento do Una. A notícia, como não poderia ser diferente, deixou tristes os familiares e muitos moradores da terra de Alceu Valença.

José Cadete da Silva foi comerciante em São Bento durante muitos anos e era muito conhecido na cidade e em toda região do Agreste Meridional.


O sepultamento do senhor Cadete será amanhã, às 10h, em São Bento do Una.

Nossa solidariedade a Washington e toda sua família.

MARINA SILVA ENTRA FORTE PARA O SEGUNDO TURNO E PODE GANHAR A ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

Pesquisa realizada nos dias 14 e 15 de agosto mostra um quadro novo na eleição presidencial. A presidenta Dilma Roussef (PT) se mantém na mesma faixa de antes, com 36%, mas Marina Silva como candidata do PSB puxa a maioria dos indecisos ou dos que pretendiam anular o voto e ocupa a segunda posição na disputa, somando 21%, enquanto Aécio Neves (PSDB) fica nos 20%. Uma situação de empate técnico entre o tucano e a ex-ministra, provável substituta de Eduardo Campos na chapa dos socialistas.

No segundo turno Marina já aparece como favorita. Teria hoje 47%, contra 43% de Dilma. Se o adversário for Aécio a diferença se amplia: os mesmos 47% para a socialista e 39% para o tucano.

Foram ouvidos pelo Datafolha 2.842 eleitores em 175 municípios brasileiros.

Amanhã começa a propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Não dá para saber se vai mudar alguma coisa, devido ao clima de comoção que tomou conta do País.

O Instituto paulista apurou que Marina é forte não apenas por herdar o legado de Eduardo Campos, mas também porque atende o desejo de mudanças dos que fizeram os protestos de junho de 2013 e da maior parte da população brasileira. (Ilustração: Folha de São Paulo).