Prefeitura de Garanhuns

Prefeitura de Garanhuns
Prefeitura de Garanhuns

terça-feira, 22 de maio de 2018

OPOSIÇÃO DE JUPI SE UNE EM TORNO DE CANDIDATO ÚNICO


Lideranças da oposição reunidas em Jupi

A oposição ao Governo Municipal de Jupi se articula para apoiar candidatura única à Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

Estratégia tem o objetivo de fortalecer o grupo e garantir a vitória contra os candidatos apoiados pelo prefeito do município, Marcos Patriota (DEM).

Estiveram reunidos recentemente, na residência do vereador Jeffeton Monteiro, ele próprio Dida, Joel e Santa Rita, todos parlamentares de oposição ao prefeito.

Segundo postagem do vereador anfitrião nas redes sociais, Marcos Patriota está com a popularidade em baixa, e assim, com todos unidos em tornos dos mesmos candidatos proporcionais, será possível a vitória na eleição deste ano.

Além dos vereadores citados, reforçam o grupo oposicionista e participaram do encontro na casa de Jeffeton os suplentes Sérgio da Saúde e Joselma da Caixa D’água, a presidenta do Conselho municipal de desenvolvimento rural e sustentável, Ivone Vieira, os líderes comunitários Adriano e Zefinha, do povoado Colônia, o empresário Ivo Ferreira, Branquinho Monteiro e o patriarca da família Monteiro o Sr. José Monteiro. 

Os oposicionistas devem fechar com Paulinho Tomé, para a Assembleia Legislativa e estão debatendo um nome para a Câmara Federal.

Em relação à eleição de governador de Pernambuco,  o grupo inteiro decidiu apoiar a candidatura de Marília Arraes (PT).

No próximo dia 10 o Partido dos Trabalhadores irá decidir se lança candidato próprio para disputar o governo ou se faz uma aliança com o PSB.

A decisão cabe a uma representação de 300 delegados do PT e segundo o grupo ligado à Marília a previsão é que 60% irão votar pela candidatura própria.

MORRE O EX-PREFEITO RIVALDO ALVES


Morreu hoje, de infarto, o ex-prefeito de Saloá, Rivaldo Alves.

Ele era tio do atual gestor do município, Ricardo Alves, e irmão de Manoel Alves, que foi deputado estadual.

Rivaldo foi eleito prefeito de Saloá pela primeira vez em 1982, quando era muito jovem.

Segundo o blogueiro Wellington Freitas,  ainda hoje é o prefeito mais jovem que Saloá já elegeu.

Em 2000 Rivaldo foi outra vez escolhido pelo povo de Saloá para governar o município.

Em 2016 o ex-prefeito assumiu o comando do DEM na cidade e não estava ligado a um grupo político específico.

Ainda hoje teremos mais informações sobre o político Ricardo Alves de Souza.

O ex-prefeito de Brejão Sandoval Cadengue, que num dos seus mandatos conviveu de perto com Rivaldo, à época gestor de Saloá, lamentou a perda inesperada do amigo.

*Foto: Blog de Wellington Freitas.

POBREZA ABSOLUTA VOLTA A TOMAR CONTA DO BRASIL


Em Garanhuns é visível o aumento de pessoas pedindo algum dinheiro nos sinais de trânsito, nas casas comerciais, nas farmácias ou nas igrejas.

Muitas casas para alugar ou vender, pessoas reclamando dos negócios e empresários reduzindo em até 50% o número de funcionários de suas firmas.

A gasolina e os gêneros alimentícios aumentam de preço, cai o poder aquisitivo e tudo isso associado à falta de empregos faz com que cresça a pobreza absoluta.

Mas não é só em Garanhuns. Infelizmente a miséria cresce no país todo,  como mostra reportagem do jornal El País, um dos mais respeitados da Europa e do mundo.

El País, um veículo de imprensa insuspeito, mostra o quadro de pobreza que voltou a tomar conta do Brasil:

Em 14 de maio de 2017, Maria Silva Nunes, sexagenária, negra e com uma expressão de cansaço permanente no rosto, passou da classe social mais baixa do Brasil para a pobreza extrema. Era o Dia das Mães e sua família, com a qual levava uma vida precária em Heliópolis, a favela mais populosa de São Paulo, ia se reunir para comemorar. Ali estavam suas três filhas: a doente que ainda mora com ela, a que teve o primeiro de três filhos aos 16 anos e até a que está na prisão, beneficiada pelo indulto do Dia das Mães. O dia começou bem e terminou no extremo oposto. “Fabiana, a do meio, parecia que estava dormindo na cadeira, cansada de tanta criança e tanta festa, mas não estava dormindo, estava morta”, lembra Maria Silva, retorcendo os punhos encostados na mesa do refeitório de uma escola. Não revela a causa da morte: aperta os lábios como se reprimisse um gesto, aguardando a próxima pergunta. “Ela estava morta, o queixo estava no peito. Morta.”
Tudo o que aconteceu depois, que arruinou a frágil existência de Maria Silva Nunes aos 63 anos, aconteceu de forma precipitada, uma reação atrás da outra. O marido da falecida e pai de seus três filhos pegou um deles e desapareceu. “Ele é catador, o que vai fazer?” Maria Silva herdou a responsabilidade de cuidar dos outros dois, de 16 e 12 anos, em uma idade em que outras mulheres estão se aposentando. Com Fabiana se foi também o dinheiro que ela lhe dava todo mês. Nem conseguiu manter o Bolsa Família: “Isso é para pais e filhos, não te dão se você é avó”, intui. Em casa também está a outra filha em liberdade, que não tem trabalho e seu filho. Há meses em que entram apenas 60 reais e nada mais: são os meses em que, se a cesta básica acaba, Maria Silva sai em busca de comida no lixo. Mais dia menos dia, supõe, vão cortar a luz. “Devo 583 reais em contas e ainda não sei como vou repor o pacote de arroz que está acabando.” E, depois, teme que sua família ficará sem casa. Naquele Dia das Mães, Maria Silva perdeu uma filha e tudo que a impedia de afundar ainda mais. “Tudo ficou difícil. E continua difícil”, suspira. “Não tenho ninguém. Aqui é só eu e Deus.”
Maria Silva Nunes tropeçou em uma das frestas mais nocivas do Brasil recente: o aumento de 11% na pobreza extrema desde o final de 2016, um buraco negro pelo qual passaram, como ela, um milhão e meio de habitantes. Em um país em que o Governo celebra a recuperação econômica após anos de recessão, havia, no início de 2017, 13,34 milhões de pessoas vivendo em pobreza extrema; no final do mesmo ano, já eram 14,83 milhões, o 7,2% da população, segundo relatório da LCA Consultores divulgado pelo IBGE. Apesar de não serem números astronômicos, esse é o segundo ano consecutivo em que a tendência se mantém após o progresso espetacular do país entre 2001 e 2012, quando se erradicou 75% da pobreza extrema no Brasil, de acordo com cálculos da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

“A queda da pobreza naqueles anos é explicada pela melhora do mercado de trabalho, que vem se deteriorando nos últimos anos. Há menos formalidade, ou seja, há pessoas trabalhando sem carteira assinada, enquanto os salários, em geral, não estão crescendo”, pondera o economista Fernando Gaiger, que pesquisa a pobreza e a desigualdade para o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. “Isso tem mais a ver com a recessão do que com a reforma trabalhista de Temer, cujos resultados só começaremos a ver no final do ano que vem. Mas é inegável que pioramos. Alguém sem carteira assinada perde o emprego e depois a casa e logo logo está na rua. De uma hora para outra, tudo muda.”

20 anos trabalhados, 0 reais

Priscila Mourilo, vizinha de Maria Silva em Heliópolis, nunca imaginou que seria vítima dessa questão trabalhista. Quando era pequena, essa jovem na casa dos vinte anos, de costas largas e cabelos castanhos se sentia mais ou menos segura porque seu pai trabalhava em uma copiadora. Podiam viver sem grandes dificuldades com outros vizinhos da classe média baixa em Diadema, na periferia de São Paulo. “Entrava, saía... Era uma mulher livre”, lembra hoje. Se apaixonou, foi morar em Heliópolis, de onde era seu namorado, e lá teve três filhos. O namorado desapareceu depois de algum tempo, mas deixou-a ficar no apartamento de sua mãe. E aí os problemas começaram. À medida que cresciam, as crianças foram mostrando problemas de desenvolvimento: “O mais velho, Maurício [oito anos], tem uma ligeira deficiência. O menor, Murilo, está com sete anos e acho que também tem. Não para quieto, é impulsivo, não se concentra, não fala bem, não sabe abotoar um botão, não se limpa quando vai ao banheiro...”, diz ela no sofá de sua diminuta casa na favela. Está sob uma enorme mancha de umidade de onde pinga água. No seu colo está Mia, a gata que têm para pegar os ratos que se aproximam da casa.

Forçada a olhar as crianças a cada segundo que passam acordadas, Priscila descarta procurar trabalho. Seu único recurso seria pedir dinheiro ao seu pai, mas ele perdeu o emprego na copiadora depois de 20 anos e não recebeu nenhuma indenização. Também não tem direito a aposentadoria: não tinha carteira assinada. Priscila engravidou outra vez, do mesmo namorado. Sua mãe, sexagenária, teve que deixar a aposentadoria e começar a fazer faxina para sustentar a família. “Eu gostaria de sustentá-los, mas não tenho como”, repete, com olhar envergonhado. Quando cresceu, sabia que não era rica, mas nunca suspeitou que acabaria sendo extremamente pobre.

Em janeiro de 2017, perdeu o Bolsa Família. Nem ela sabe dizer o motivo. “E eu comecei a sentir medo. Medo e fome. Não tinha dinheiro para comprar biscoitos para os meninos, nem fraldas para a menina. Acordava sem saber o que ia comer, se conseguiria arranjar alguma coisa para alimentar meus filhos. Sobrevivo com o dinheiro que minha mãe me manda.” Cerca de 200 reais por mês. O pai das crianças não trabalha? “Ai moço, boa pergunta. Ele cata papelão, não tem dinheiro.” Você sabe como vai passar o próximo mês? “Pelejando. Pelejando como sempre. Mais do que isso não dá para saber. O futuro não ia ser assim.”

*Fotos: El País.

IZAÍAS PARTICIPA DA MARCHA DOS PREFEITOS EM BRASÍLIA

O prefeito Izaías Régis vai participar da XXI Marcha dos Prefeitos, evento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios.

O ato vem se tornando um dos mais representativos do Brasil e contará com a presença de algumas centenas de prefeitos, secretários municipais, vereadores, senadores, governadores, deputados estaduais e federais, ministros e do próprio presidente da República.

A XXI edição da Marcha será realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB). É o momento para apresentação de pautas estratégicas e reivindicações para os municípios perante o Congresso Nacional e o Poder Executivo.

Izaías retorna a Garanhuns na próxima quinta-feira, dia 24.

REVELAÇÕES DE SOLON GOMES E AURIMAR FERREIRA


Solon Gomes, Aurimar Ferreira, Joctan Barros e Álvaro Fernandes foram os entrevistados do programa “Cafezinho com Cisneiros”, neste início de semana e discutiram os problemas e as perspectivas de Garanhuns mostrando que conhecem a cidade e sua história, ao mesmo tempo que revelaram ter compromissos com o desenvolvimento do município.

Solon, que foi um dos maiores comunicadores do rádio de Garanhuns, estava no vídeo muito à vontade, em plena forma, lúcido quando falou sobre a cidade e a política local. Ele disse que os políticos da terrinha são uma coisa na campanha e quando chegam ao poder se isolam, deixam de ouvir o povo e por isso seus governos às vezes não correspondem às expectativas.

Para o ex-gerente das rádios Difusora (hoje Jornal) e Sete Colinas, o seu companheiro Aurimar Ferreira é a grande revelação do jornalismo de Garanhuns nos últimos 10 anos.

Aurimar, que realmente tem sido uma revelação na imprensa local, trabalhando com profissionalismo, ética e coragem, teve uma postura humilde e relembrou que no início da carreira recebeu grandes lições de Solon Gomes, então um profissional já experiente.

O programa “Ronda Policial”, que teve uma audiência estrondosa quando apresentado pelo saudoso Aluízio Alves e ainda hoje é o “carro chefe" da Rádio Jornal, foi criado por Solon numa época difícil, quando a Difusora e todo Sistema Jornal do Commercio passavam por dificuldades financeiras.

Mesmo assim, em seis meses já conquistava o primeiro lugar de audiência em Garanhuns. Tudo isso passou por um debate muito civilizado e produtivo no programa de Kleber Cisneiros.

DANNILO GODOY CUMPRE AGENDA EM BRASÍLIA


O prefeito Dannilo Godoy (PSB) estará durante essa semana em Brasília, cumprindo uma série de compromissos nos órgãos públicos da capital federal.

Dannilo estará buscando viabilizar recursos para novas obras no município, como também as liberações de parcelas de obras já em execução em Bom Conselho,  que estão aguardando verba para sua continuidade.

Na agenda do prefeito estão reuniões em diversos ministérios, a exemplo da Educação, Saúde, Cidades e Desenvolvimento Social, além de encontros no Congresso Nacional.

Dannilo ainda participará da “XXI Marcha de Prefeitos a Brasília em Defesa dos Municípios”, que ocorre essa semana em busca, junto ao Governo Federal, de melhores condições para os municípios brasileiros. O prefeito deverá retornar a sua cidade na próxima quinta-feira.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA SECRETARIA DE SAÚDE


Em virtude de informações inconsequentes veiculadas nas redes sociais, a Secretaria de Saúde do município de Iati torna público esta nota de esclarecimento informando que:

A distribuição de medicamentos para as unidades de saúde da Atenção Básica e de Media Complexidade Ambulatorial e Hospitalar é feita pela Assistência Farmacêutica Municipal (CAF). Quando do recolhimento de medicações com prazo de validade expirado, a CAF encaminha para a Vigilância Sanitária municipal que providencia o devido descarte, seguindo as normatizações da ANVISA e demais órgãos ambientais como a RDC nº 306/2004, Resolução nº 358/2005 e RDC nº 17/2010.

Os programas de Vigilância em Saúde não são financiados pelo Ministério da Saúde em custeio total pois recebemos apenas um incentivo financeiro anual de R$ 120.501,63 para trabalhar todas as endemias, bem como os serviços de Vigilância (Sanitária, Ambiental, Epidemiológica e de Saúde do Trabalhador), recursos esses que não custeiam nem a totalidade da folha de pagamento de Recursos Humanos dos programas quanto mais os materiais, equipamentos e insumos de todos os programas, ficando o município com o pagamento da diferença, à exemplo dos programas de Combate à Dengue e Esquistossomose.

A equipe gestora da Secretaria de Saúde, à luz do chefe do executivo municipal, realizou o planejamento estratégico  de ações, objetivos e metas para o quadriênio 2018-2021 pautado na MISSÃO de coordenar a política municipal de saúde, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da população segundo os princípios do SUS, com a VISÃO de ser uma instituição inovadora com gestão e excelência que atenda às necessidades de saúde da população, tendo como VALORES a ética, a transparência, a competência, a responsabilidade e o compromisso.

Porém, é muito difícil cumprir metas pré-estabelecidas que beneficiem a população iatiense, quando se herda uma fortuna em dívidas contraídas e não pagas pelas gestões municipais anteriores.

Secretaria Municipal de Saúde de Iati

segunda-feira, 21 de maio de 2018

HUMBERTO COSTA ACHA NORMAL SER VAIADO

Ainda no domingo, logo depois que a imprensa noticiou que Humberto Costa tinha sido estrondosamente vaiado, no Clube Internacional, quando seu nome foi citado no ato pró-candidatura de Marília Arraes, o senador se pronunciou sobre o episódio.

Segundo o blog do Jamildo, o petista considerou as vaias normais e lembrou que isso já aconteceu outras vezes em encontros do partido. "Isso reflete o acirramento da discussão, não vejo problema nenhum", salientou Humberto.

O senador pode ter dito isso se corroendo por dentro, pois levar vaia nunca é bom pra ninguém. Caso ele tenha dito a verdade sinaliza que está muito mais preocupado em se abraçar com Paulo Câmara do que com os humores da militância do partido.

É por essas e outras que até nas igrejas os padres estão descendo a lenha nos políticos e chamando eles de "sem vergonhas".

*Na foto reproduzida do blog do Jamildo, o senador Humberto Costa e a vereadora Marília Arraes. Ela quer disputar o Governo, ele prefere apoiar a reeleição de Paulo Câmara. O PT de Pernambuco vai decidir seu rumo no próximo dia 10 de junho.

PREFEITURA RECUPERA RUAS NO INDIANO


Desde a primeira quinzena deste mês, está sendo recuperada e aplicada a pavimentação asfáltica em sete ruas no bairro Severiano Moraes Filho (Comunidade Indiano). 

As obras se referem ao contrato 078/2014, em vigência atualmente, e ocorrem em duas circunstâncias: após a Secretaria de Obras e Serviços Públicos notificar a GL Empreendimentos para refazer o serviço; e em outras vias previstas no contrato. Não há previsão oficial para a finalização das obras, visto que a empresa prepara cronograma diferenciado para cada intervenção e a situação do tempo chuvoso também interfere no processo. O acompanhamento das obras está sendo realizado pela respectiva Secretaria.

A GL Empreendimentos está responsável pelas obras na Comunidade Indiano, na qual serão beneficiadas as Ruas da Harmonia, Manoel Luiz de França, Hiberon Wanderley (Rua Leão XIII), Sebastião Pacheco, Luiz da Silva Guerra, Alfredo Américo Leite e Jornal de Garanhuns.

A empresa já havia realizado serviços em algumas vias, mas as obras que apresentaram problemas estão sendo refeitas pela empresa.

*Material produzido pela Secretaria de Comunicação do Município.

PRISCILA KRAUSE ESCÂNDALO NA ARENA PERNAMBUCO


A deputada estadual Priscila Krause (DEM) questionou, na tarde desta segunda-feira (21), no plenário da Assembleia Legislativa, o consumo relativo à água e ao esgoto da Arena de Pernambuco no mês de abril passado. De acordo com informação da parlamentar, que acompanha os gastos públicos estaduais, a conta da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) relativa ao equipamento público somou R$ 1,24 milhão no período, reflexo de um consumo de 142 milhões de litros na parte de esgoto. O alto consumo pode ser comparado ao de todos os habitantes de uma cidade de aproximadamente 40 mil habitantes em um mês inteiro, como é o caso de Toritama, no Agreste.

A parlamentar também chamou atenção para a mudança significativa de padrão de consumo de água da Arena, que em 2017, por exemplo, pagou de maio a dezembro uma média de R$ 41,4 mil por mês. “No mês de março esse valor já pulou para quatrocentos e cinquenta e nove mil, que já é um gasto comparado a três meses do consumo de um hospital como o das Clínicas, que tipicamente é um serviço com alto consumo de água todos os dias. Agora em abril a conta veio acima de um milhão e é por isso que estamos solicitando urgentemente à Controladoria do Estado para apurar o que está acontecendo, que reflete diretamente nas contas estaduais e na questão do abastecimento, porque pode estar havendo um desperdício de grave prejuízo em contraponto à escassez de água”, informou.

Além de comparar o gasto com meses anteriores da própria Arena Pernambuco, a deputada estadual procurou investigar consumos de outros espaços esportivos de porte semelhante Brasil afora. Para tanto, conseguiu identificar, por exemplo, que a Arena Corinthians, em São Paulo, pagará R$ 71,9 mil de conta de água referente ao mesmo período (mês de abril). Na ocasião, a Arena paulistana teve 2,4 milhões de consumo de água e 2,4 milhões de esgoto.

Priscila também relembrou que desde a época da sua construção, o governo anunciava que a construção do estádio contaria com modernas instalações sustentáveis que incluiria reutilização de água. Informações divulgadas à imprensa pela própria Arena, após a Copa do Mundo de 2014, davam conta da reutilização de 2,2 milhões de litros de água por mês, resquícios da chuva e da manutenção do gramado. A irrigação do campo e a água utilizada em descargas e mictórios, por exemplo, não seriam abastecidas pela Compesa. As pias dos banheiros e a parte de preparação de alimentos, abastecidas pela Companhia, consumiriam 600 mil litros de água por mês.

De acordo com apuração da parlamentar, a Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), responsável pela gestão do equipamento esportivo, deve as faturas de água à Compesa desde outubro de 2017, totalizando R$ 847 mil. A conta de R$ 1,24 milhão vence no próximo dia 28.

CARRO FURTADO EM FRENTE AO EUCLIDES DOURADO



Do Portal Agreste Violento

O proprietário informou que estacionou o veículo defronte o Parque Euclides Dourado e foi caminhar, ao retornar o carro não estava onde ele tinha deixado. A vítima comunicou o fato à Polícia Militar e compareceu no plantão da 18ª DESEC onde registrou Boletim de Ocorrência.


Qualquer informação que possa levar a localização deste veículo, deve ser imediatamente informado a Polícia Militar através do 190.

PADRE FAZ ABOIO PARA CRITICAR GOVERNO E POLÍTICOS


Durante a celebração de uma missa, dias atrás, o Padre Alberto, do bairro Cidade Nova, em Estância (SE), fez um aboio criticando os políticos brasileiros e o governo federal.

A atitude do religioso, muito aplaudido pelos fieis, foi parar no programa Cidade Alerta. Da TV Atalaia, apresentado por Gilmar Carvalho:

O vídeo merece ser conferido:



O CASAMENTO DE CLÓVIS VIDAL E EZANDRA RIBEIRO


Clóvis Vidal Neto, empresário garanhuense, e a jornalista Ezandra Ribeiro, casaram no sábado passado, na Catedral de Santo Antônio, com recepção no Chalé II, na Avenida Rui Barbosa. 

Givaldo e Emília Calado foram os padrinhos da cerimônia religiosa, elogiada por todos os presentes.

Ezandra é competente como profissional e excelente pessoa. Merece ser muito feliz ao lado de Clóvis e da família que será formada dessa união. 

Ao casal os parabéns dos que fazem o blog.

CARTA ABERTA AO BISPO EPISCOPAL DOM FREDERICO, DA CATEDRAL PEDRA VIVA, EM VITÓRIA DE SANTO ANTÃO

Irmãos, estou reenviando a Carta, depois de ter feito algumas correções, peço perdão pelas informações equivocadas que redigi na primeira carta, pois, estou na Episcopal há três anos apenas, e não conhecia tão a fundo a história. 

Meus irmãos na fé, me procuraram para esclarecer alguns pontos, que agora transmito para vocês.

Quero deixar claro que a iniciativa de escrever esta carta foi única e exclusivamente minha, tive vontade antes de postar, enviar para Pastor George corrigir o que eu teria escrito de errado. Porém não o fiz, com medo do mesmo me proibir de postar, pois sua postura é de nos pedir o tempo todo para pregar o amor, a paz, esquecer o que passou, seguir em frente e ajudar os irmãos que ficaram e vierem a precisar. Infelizmente estou longe de ter um coração tão puro e santo como o do Pastor George e no momento ainda não consigo pensar e agir como ele.

A Igreja Episcopal Carismática começou em Garanhuns há 12 anos, pelo casal de missionários Fernando e Stela Cox, quando foi fundada a Paróquia Monte Sinai. Convidado pelo casal, o Pastor George Chritopher, assumiu a igreja e foi reitor da paróquia por quase 10 anos.  Devido a esta região pertencer a Catedral de Vitória de Santo Antão, esta paróquia foi confiada e subordinada aos cuidados do Reverendo Dom Fred.

A igreja começou numa sala emprestada pelo Hotel Tavares Correia, com pouquíssimos membros, mas com muita dedicação e sempre levando a palavra de Deus a todos que precisavam, do Pastor George. Quando assumiu, já havia acontecido um cursilho feminino, um masculino e um cursilho misto, onde vários funcionários do Hotel Tavares Correia, puderam participar, muitos funcionários daquele hotel tiveram o privilégio de participar e terem suas vidas transformadas.

O Pastor George trabalhava aqui com bastante esforço e dedicação e sem o apoio e a presença da Catedral.

O Pastor escolheu o terreno que tinha sido prometido que tinha sido prometido por D. Oneida a Dom Paulo Garcia, e começou lá com três tendas e algumas cadeiras doadas. Foi quando tive a honra de ser abençoada e escolhida por Deus para fazer o Cursilho, e a partir daí, comecei a frequentar a Igreja Episcopal Monte Sinai em Garanhuns, por vontade própria e gratidão a Deus, nunca por imposição de ninguém. Assistíamos cultos na chuva, na lama, amparados pelas tendas doadas, mas sempre saiamos de lá edificados pela palavra de Deus, ministrada pelo seu instrumento, o Pastor George. As doações foram chegando, de membros da igreja, simpatizantes, pessoas socorridas na hora da dor, e por todos que Deus tocou o coração. As paredes começaram a serem erguidas, a igreja física começou a ser construída, e foi toda levantada com doações de paroquianos. Dos que tinham menos e doavam menos e dos que tinham mais e doavam mais, porém o amor no coração era do mesmo tamanho.

O principal ministério da Paróquia sempre foi o Cursilho, com Dona Mídia a frente, com toda dedicação e amor. Foram mais de 700 pessoas em Garanhuns e região escolhidas por Deus para serem abençoadas, quando foram apresentadas ao mais puro e verdadeiro amor, o Amor de Cristo, através do Cursilho. Pessoas que mudaram completamente de vida, pessoas que tentaram suicídio, pessoas que tiveram envolvimentos com drogas, pessoas pecadoras, falhas e humanas como eu e você. Vidas foram transformadas e muitas vidas foram salvas através deste ministério. As pessoas não viraram santas, mas com certeza se tornaram muito melhores.

Houve um investimento de mais de R$ 630.000,00 para levantar a igreja, valor este levantado por nosso Pastor através de doações, eu doei muito, muito pouco mesmo, o Pastor, financeiramente, acredito que não doou nada, porque por muito meses faltava seu salário. Mas ele doou o principal: toda sua dedicação e seu amor. Dom Fred não teve a honra de presenciar momentos onde o Pastor, dia de domingo, chegava a igreja às 6h da manhã para varrer o templo, aguar as plantas e limpar as cadeiras para sentarmos quando chegávamos ao culto das 10h. O Pastor doou suas lágrimas, seu suor, seu desespero quando terminava a semana e não tinha dinheiro para pagar os pedreiros. Nos ligava, passava mensagem, pedindo apenas uma quantia de R$50,00 para honrar com mais esse compromisso, e não deixar essas famílias sem salário, como ele muitas vezes ficava.

Tenho certeza que muita, mas muita gente de Garanhuns tem histórias vividas com nosso Pastor para contar e histórias com finais felizes.

Há mais de 70 dias que o Pastor George vinha sendo massacrado, questionado, humilhado, pelo Reverendo Dom Fred e o conselho da Diocese. Reverendo este e conselho este que raramente puseram os pés em Garanhuns para saber como estávamos, as privações que passávamos e a luta que vivíamos em comunidade, todas elas vencidas graças a força que Pastor George nos passava.

O Pastor George errou? Errou, claro que sim, ele é humano e pecador como todos nós somos, porém, quando um filho erra, nós o pegamos, sentamos, conversamos e orientamos. Não punimos de uma maneira tão severa, cruel e impiedosa. Principalmente quando nunca fomos presentes na vida deste filho.
Sempre fomos uma comunidade carente da presença desse Bispo, seja de uma visita, orientação ou direcionamento da sua parte. Sua alegação? Falta de tempo ou falta de convite. Bom, se o tempo não dava, que diminuísse seus compromissos para poder cumprir com todos, falta de convite: nunca ouvi falar que o dono da casa precisasse ser convidado para entrar nela.

Eu tinha dito que  "o Bispo pode ser sido influenciado por pessoas desleais, infiéis e traiçoeiras que levaram conversas daqui pra lá e trouxeram de lá pra cá. Só que, o maior influenciador de um Bispo tem que ser Jesus Cristo e sua palavra.", porém, a verdade é que, ele usou pessoas da sua própria convivência para colocar em prática seu objetivo, já tentado inúmeras vezes, porém sem sucesso, que era tirar nosso Pastor tão querido da nossa comunidade. Ele influenciou algumas pessoas para impor a sua vontade.

Na última terça-feira, a Comunidade da Paróquia Monte Sinai em Garanhuns foi tomada por uma triste notícia, que nos deixou desnorteados, sem chão, sem palavras, em choque. Não me refiro a poucas pessoas não, foi com uma comunidade construída com muito suor e amor há mais de 10 anos, famílias membros desta igreja, pais, mães, avós, crianças, adolescentes, se depararam com a triste notícia que o Pastor George teria sido expulso da Paróquia Monte Sinai, as vésperas do Cursilho Feminino, uma bomba cai sobre nossas cabeças, sem dó, nem piedade, foi tirado o nosso chão. Ah! Mas nosso alvo é Cristo, temos que olhar para Cruz e seguir em frente. Sim, mas quem nos revelou esse amor tão incondicional, que nos constrange, de Cristo por nós, foi o Pastor George, através da sua palavra, do seu abraço, do seu afago, da sua mão amiga e protetora nos momentos certos quando mais precisávamos. Foi através do Cursilho implantado aqui por Dona Mídia que conhecemos este amor incondicional, e a partir dai elegemos nosso Pastor, como nosso líder espiritual, como o guia das suas ovelhas, como nosso conselheiro e em muitos momentos nosso pai.

Me pergunto em qual foi o momento que o Reverendo Bispo olhou para Cristo, viu a cruz como alvo, quando resolveu tomar essa decisão tão atroz e tão cruel na semana do Cursilho? Em que momento ele pensou em nós, nesta comunidade, nas famílias que ele abalaria? Em que momento tivemos alguma importância ou consideração pelo senhor, Dom Fred?

Soube que alguns membros (considerados importantes) por esta igreja já foram visitados, com um pedido para não sair dela, eu não fui, graças a Deus, também não tenho dinheiro, não tenho um cargo importante, nem um sobrenome de família rica.

Vivemos dias de muita angústia, tristeza e lágrimas, mas Deus tem um propósito pra tudo em nossas vidas, mais de 30 mulheres desistiram de trabalhar neste final de semana, por falta de condições emocionais, porém Deus abençoou aquele Cursilho de forma tremenda como Ele sempre faz, e levantou outras mulheres para estarem ali e passar por este momento, e resgatar vidas, e apresentar o verdadeiro amor de Cristo aquelas mulheres que tanto precisavam e foram escolhidas por Deus para estarem ali.  

Quanto ao Pastor George, Deus deixou estas mulheres de fora, juntamente com os homens que não iriam mesmo para o cursilho, por serem homens e o cursilho era o feminino, para começarmos de novo, do zero, do nada, reerguermos mais uma vez nossa igreja, e sabe o que aconteceu? Um lindo culto com mais de 200 pessoas, pessoas que há um certo tempo não frequentavam a igreja e hoje estavam lá, e receberam o Pastor de pé, com lágrimas nos olhos, aplausos e muito amor no coração. Famílias de bem, lotaram aquele auditório para mostrarem sua solidariedade e gratidão pelo Pastor George. A comunidade veio em peso conosco e tudo foi muito lindo e emocionante, e nossas forças se renovaram, e nossos corações se encheram de esperança, e aqui estamos, para construir de novo mais uma casa para honrar e glorificar o nome do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. E hoje foi o primeiro culto da Igreja Episcopal de Garanhuns.

Quanto a Paróquia Monte Sinai, é um ciclo que se fecha, é uma etapa concluída, é a certeza de dever cumprido, Deus usou este Pastor para levantar aquele templo, e hoje precisa dele numa nova obra, afinal, já é a quarta igreja que ele levanta, duas construídas e duas reformadas, e por que não a quinta?
Deus abençoe os membros que por lá ficar, que sejam gigantes e lutem para que esta Episcopal não seja mais uma igreja que regida por Dom Fred, que seja duramente abaladas e atingidas pela intransigência, arrogância e impáfia, assim como foram com as Paróquias de Serrita, Salgueiro, Arcoverde e Moreno. Os pastores destes lugares, seguiram seu trabalho e a comunidade os acompanhou, e as igrejas que hoje eles ministram nestas mesmas cidades, são lotadas. Que o Pastor que Deus está levantando para guiar esta igreja seja valente, bravo e dê a cara a bater como nosso Pastor George e Dona Mídia deram nestes 10 anos.

Hoje entendo que há males que vem para o bem, Pastor George sofreu muito, foi massacrado, sofremos com ele, mas agora sabemos que foi para sua libertação, hoje estamos livres da ira impiedosa, da inveja, da ganância, das amarras e punições do Reverendo Dom Fred, que não só machucou nosso Pastor e nossa comunidade, mas outros pastores e outras comunidades por ai também. Hoje estamos em festa, estamos felizes, porque estamos livres!
Que Deus abençoe a todos nós.

Marcella Fernanda
Ex-membro da Igreja Episcopal Carismática de Garanhuns – Paróquia Monte Sinai
Membro da Primeira Igreja Episcopal de Garanhuns.

ROSSINE RECEBE PRÊMIO "ÍMPAR" EM ARCOVERDE

Na noite de sexta-feira, 18, o Prefeito Rossine esteve em Arcoverde recebendo o Prêmio 'Impar’ dedicado aos políticos que se destacaram pelos serviços prestados a sociedade Pernambucana de acordo com pesquisas realizadas nas cidades do Estado.

Rossine foi reconhecido através de pesquisa de opinião pública que atesta a aprovação de seu mandato voltado para melhorar a vida dos lajedenses.

O Prêmio'Impar’ é dado todo ano aos políticos que mais se destacam em Pernambuco e tem sua realização encabeçada pela TV Cultura e liderada a 23 anos pelo colunista social Adilson Mendes.

Mais uma vez o Prefeito Rossine leva o nome de Lajedo como destaque positivo na região.