sábado, 10 de dezembro de 2016

O AMOR ENTRE MULHERES NO CINEMA E NA TV

Ana Paula Arósio em "Como Esquecer"
Maria Fernanda e Paolla Oliveira

Nas últimas duas décadas a televisão e o cinema têm produzido novelas, minisséries e filmes com a temática do amor entre mulheres.
A paixão entre homens vem sendo abordada também, talvez até há mais tempo, mas chamam a atenção as produções a respeito do lesbianismo tanto no Brasil quanto em outros países,  de uns tempos desses para cá.

Na televisão a Globo fez uma primeira tentativa de focar o amor entre mulheres na novela "Torre de Babel”, de 1998, mas as reações foram fortes e a direção da emissora pressionou o autor do folhetim,  que terminou matando as duas personagens, interpretadas por Silvia Pfeiffer e Christiane Torloni.

O ano passado a emissora conseguiu tratar com mais profundidade do assunto em “Babilônia”, quando Fernanda Montenegro e Natália Timberg viveram duas mulheres na faixa dos 80 anos que eram apaixonadas.

Alguns não gostaram, outros ensaiaram protestos, não faltaram críticas, porém a história foi ao ar.

Em termos de minissérie, a Globo produziu duas muito boas, com cenas quentes de sexo entre mulheres.

Paola Oliveira e Maria Fernanda Cândida aparecem em cenas tórridas em “Felizes Para Sempre”, com beijos, abraços e nus que devem ter escandalizado os que não aceitam naturalmente o sexo, principalmente quando feito por duas mulheres.

Marjorie Estiano, também atriz global, foi à loucura nas cenas com Paula Burlamaqui, dentro da série “Eu que te amo tanto”, exibida no Fantástico em 2014.
Flores Raras, com Glória Pires

CINEMA - Imagine o leitor que até a atriz Natália Dill, que sempre faz personagens boazinhas (numa delas era chamada de santinha, de tão angelical que parece) nas novelas, beija e abraça alguém do mesmo sexo no filme “Paraísos Artificiais”. Na história desse longa ainda rola droga e muito rock and roll, tudo com Natália Dill no centro da trama.

Ainda no cinema nacional, o amor entre mulheres apareceu com força em dois bons filmes: “Flores Raras”, de Bruno Barreto, com Glória Pires e Miranda Otto. Apesar da direção de um cineasta consagrado, do bom elenco e de contar uma história real, o longa teve dificuldades para conseguir patrocinadores, por envolver a paixão entre pessoas do mesmo sexo.

Ana Paula Arósio, a bonita atriz que fez várias novelas na Globo e depois,  por opção própria,  resolveu se afastar da carreira, é a intérprete principal de “Como Esquecer”, filme dirigido pela cineasta Malu de Martino.

A atriz vive um personagem forte e complicado, que gosta de mulheres, perde o seu grande amor, sofre muito por isso, mas termina se envolvendo depois com uma artista plástica.

Os dois filmes brasileiros abordam o tema sem vulgaridade, com muita sensibilidade por parte do diretor, no primeiro caso, e da diretora, no segundo.

Em termos internacionais, duas produções mais ou menos recentes chamam a atenção:

A primeira é “O Azul é a Cor Mais Quente" (2013), do franco-tunisiano Abdellatif Kechiche, que tem um visual belíssimo, conta a história de amor de duas adolescentes, e por ter muita qualidade artística foi premiado com a Palma de Ouro no prestigiado Festival de Cinema de Cannes. 

Do ano passado é o também premiado “Carol”, produção anglo-americana, retratando o caso entre uma senhora já madura, casada e mãe, com uma mulher bem mais jovem. A história se passa nos anos 50 e naturalmente as duas apaixonadas tiveram problemas.

O filme também conquistou a Palma de Ouro e deu a Rooney Mara e Cate Blanchett a premiação de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Atriz.

Na Espanha, em 2006, foi lançado o filme “Um Amor para Durar”. O romance acontece entre duas mulheres maduras, em pleno regime comandado pelo ditador Francisco Franco, que reprimia fortemente o homossexualismo.

A família de Pilar, professora, como a outra, a interna numa clínica psiquiátrica, causando muito sofrimento às duas mulheres e deixando a primeira perturbada devido ao tratamento de “choque”.

Uma delas termina por se suicidar por não aguentar as pressões.

O filme é baseado numa história real.

Outro filme que merece ser citado,  dentro do tema que enfocamos nesta reportagem, é o longa “As Horas”, de 2003, com a belíssima Nicole Kidman interpretando a escritora Virgínia Woolf.

Este trabalho recebeu 8 indicações para o Oscar e Nicole ficou com a estatueta de melhor atriz.

Também muito bom é “Ao lado da pianista”, filme francês com linda trilha sonora de música erudita e muito bom gosto em tudo.

Uma jovem consegue fazer com que uma mulher mais velha e casada se apaixone por ela. Mas faz isso como vingança, por guardar uma mágoa antiga da outra.

O que existe de comum entre esses filmes, e mesmo nas séries e novelas, é a exposição do amor entre mulheres, a mostra do preconceito, da angústia, do sofrimento e dor, mas também beleza e a lição ensinada na canção popular de Milton Nascimento: “Qualquer maneira de amor vale a pena, qualquer maneira de amor valerá”.

O amor acontece entre dois homens, entre duas mulheres, entre um homem e uma mulher, independentemente de idade, classe social ou qualquer outro fator.

Pode trazer muita felicidade, mas também sofrimento.


Sempre, no entanto, é preferível ao rancor, ao ódio e à intolerância.
O Azul é a Cor mais Quente
Carol

POLÍCIA PRENDE LADRÕES DE CAIXAS ELETRÔNICOS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu três homens que transportavam um dispositivo utilizado para furtar envelopes de caixa eletrônico, na noite da última sexta-feira (9), na BR 232, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O grupo estava em um veículo de luxo e possuía passagens na polícia por diversos crimes.

Os agentes realizavam uma fiscalização no quilômetro 71 da rodovia, quando deram ordem de parada a um veículo sedan com placas de Alagoas. Ao verificar o interior do automóvel, foram encontrados diversos envelopes utilizados para guardar dinheiro e um dispositivo de metal que é inserido para furtar os depósitos de caixas eletrônicos.


Dois homens, de 40 e 35 anos, são naturais de São Paulo e possuem passagens na polícia por furto e tentativa de homicídio, enquanto o outro é natural de Alagoas e possui passagem na polícia por furto. Eles disseram que estavam em Pernambuco há cerca de quatro dias. O trio foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Gravatá, para a continuidade dos procedimentos legais. (Da Assessoria de Imprensa da PRF).

GLOBO DIVULGA PROPINAS RECEBIDAS POR TEMER E SERRA

Pela primeira vez a TV Globo noticiou, no Jornal Nacional, as denúncias envolvendo o ministro José Serra (PSDB), o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o presidente Temer e políticos próximos dele, como o senador Romero Jucá e o ministro Eliseu Padilha.

Os nomes dos tucanos e peemedebistas apareceram nas delações dos diretores da Odebrecht, que teria repassado propina para os políticos citados nas campanhas eleitorais de 2010 e 2014.

Pelo que foi informado pelo jornal Folha de São Paulo e ontem à noite foi destaque na Globo, Serra foi o que mais recebeu dinheiro da empresa, embolsando através de contas bancárias no Brasil e na Suíça um total de R$ 23 milhões.

Mais modesto, o presidente Temer teria solicitado à empreiteira propina no valor de R$ 10 milhões.

O Jornal Nacional também divulgou ontem à noite uma nova denúncia envolvendo o ex-presidente Lula, investigado pela Operação Zelotes. Ele e o filho teriam praticado “tráfico de influências”.

Hoje tanto o Jornal O Globo, quanto a Folha de São Paulo, Portal UOL e Portal G1 divulgam dados mais completos sobre o envolvimento de Michel Temer e seus ministros e correligionários com as propinas da Odebrecht. As denúncias contra Lula pela primeira vez ficaram em segundo plano.

Na opinião de alguns analistas políticos nacionais a Globo começa a abandonar Temer e seus aliados.


Curioso é que nesse “mar de lama” que envolve políticos do PSDB, PMDB, PT, PSB (leia matéria abaixo sobre notícia da Globo News citando Paulo Câmara, Geraldo Júlio e Fernando Bezerra Coelho), o nome da ex-presidenta Dilma Rousseff não aparece em nenhum momento.

ARMANDO TAMBÉM TEM PROBLEMAS COM AS CONTAS

Da mesma maneira que Neide Reino (PSB), prefeita de Capoeiras, o prefeito Armando Duarte (PTB), de Caetés, teve suas contas de campanha reprovadas pela juíza Priscila Maria Sá Torres Brandão, que detectou irregularidades na prestação feita pelos auxiliares do gestor.

Tanto Armando quanto Neide serão diplomados, na próxima segunda-feira, dia 12, mas terão de resolver junto à Justiça Eleitoral essa questão da rejeição de contas da campanha.

Os advogados dos dois prefeitos estão cuidando do assunto e entendem que a questão poderá ser resolvida sem prejuízo dos gestores, ambos reeleitos e com posse para o segundo mandato marcada para o dia primeiro de janeiro de 2017.

Segundo Armando Duarte, os problemas na prestação de contas se referem a erros contábeis, porque houve mudança na Lei, que está mais rígida, mas os esclarecimentos necessários serão feitos e “tudo será resolvido”.

“Atenderemos as exigências da Justiça e os fatos serão esclarecidos”, disse Armando, confiante que tanto ele quanto Neide Reino assumirão seus mandatos e governarão os seus municípios pelos próximos quatro anos.

GLOBO NEWS NOTICIA INVESTIGAÇÃO SOBRE SOCIALISTAS

A jornalista Leilane Neubarth (foto ao lado), da Globo News, noticiou  com destaque, esta semana, que o procurador geral da República, Rodrigo Janot, pediu que siga adiante, no Supremo Tribunal Federal, o inquérito que investiga os nomes do governador Paulo Câmara, prefeito Geraldo Júlio, senador Fernando Bezerra Coelho e deputado federal Tadeu Alencar, sobre a suspeita de superfaturamento de obras na construção da Arena Pernambuco.

Segundo a profissional da Globo News, o caso no STF está nas mãos do ministro Teori Zavascki.

Leilane salientou, durante o noticiário no canal de TV por assinatura, que as obras do Estádio de São Lourenço da Mata foram realizadas pela Odebrecht, empresa envolvida nas investigações da Laja Jato e com sua cúpula toda na cadeia.

Paulo Câmara, Geraldo Júlio, Fernando Bezerra Coelho e Tadeu Alencar, todos do PSB de Pernambuco, disseram à jornalista global que a licitação para construção do estádio respeitou todos os requisitos, prazos e exigências previstos na lei.

Os políticos citados na investigação, dentro da operação Laja Jato, negaram superfaturamento na obra e disseram que o contrato para a construção da Arena foi aprovado pelos tribunais de contas do Estado e da União.

“A informação sobre essa investigação foi dada pela Revista IstoÉ e confirmada pela Globo”, complementou a jornalista,  na apresentação do noticiário de televisão.
Geraldo Júlio, Paulo Câmara e Fernando Bezerra 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

JUÍZA DE CAPOEIRAS DESAPROVA CONTAS DE NEIDE REINO

A juíza Priscila Maria de Sá Torres Brandão, da Comarca de Capoeiras, divulgou hoje sentença desaprovando as contas de campanha da candidata Neide Reino (PSB), que venceu a eleição realizada no município no dia dois de outubro deste ano.

Segundo  a representante da Justiça Eleitoral, “as prestações de contas parcial e final foram apresentadas tempestivamente e tanto uma quanto a outra mostram irregularidades e incongruências,  devidamente apontadas no parecer técnico conclusivo”.

A sentença da juiza registra que “a prestação de contas parcial deixou de informar o recebimento de doações ocorridas em datas anterior à data inicial de entrega de prestação de contas parcial, conforme relatado no item 2.5 do Parecer Técnico Conclusivo”.

Com relação as contas finais, Dra. Priscila Brandão observou que há irregularidades de diversos aspectos. De acordo com a magistrada, observa-se que após notificação os prestadores juntaram comprovantes de depósitos identificando os doadores, o que para prestação de contas é suficiente.

“Entretanto, o fato de terem feito todos os depósitos online, no mesmo dia, na mesma agência bancária, praticamente no mesmo horário, somado ao fato de a maioria dos doadores possuir vínculo contratual com o município pode gerar dúvida a respeito da ocorrência de doação indireta do próprio ente público por interposta pessoa, dessa forma, impõem-se ressalva neste ponto, embora não seja suficiente para acarretar a desaprovação das contas por si só”, escreveu a juíza no seu parecer.

Dra. Priscila Maria Brandão aponta como irregularidade grave a extrapolação dos limites de gastos para a campanha e faz questionamentos com relação a diversos recibos apresentados na prestação de contas da campanha.

Como a sentença desfavorável a prefeita reeleita saiu somente hoje, é provável que Neide Reino seja diplomada, juntamente com o vice-prefeito Juju, na próxima segunda-feira.

Além da desaprovação das contas de campanha, os "prestadores" da prefeita ainda foram condenados a pagar uma multa à Justiça no valor de R$ 3.885,05.

A oposição deve pedir anulação dessa diplomação e aí a briga jurídica deve se prolongar, provavelmente indo até o TRE.

Afora essa bronca surgida nesta sexta-feira, existem denúncias de compra de votos pelos governistas e uma Ação de Investigação Judicial,  com relação ao pleito passado.

As ações e denúncias foram feitas junto à Polícia Civil, Polícia Federal e Justiça Eleitoral.

É provável que a pendenga entre os dois lados somente seja decidida em Brasília, pelo Tribunal Superior Eleitoral.

LEIA ABAIXO: NENÉM ADMITE ACORDO COM DUDU NA PRÓXIMA ELEIÇÃO.

NENÉM ADMITE ACORDO COM DUDU NA PRÓXIMA ELEIÇÃO

Entrevistado na Rádio Jovem Cap de Capoeiras, o ex-prefeito Neném, Secretário de Governo na gestão de sua esposa, Neide Reino (PSB), admitiu ontem que seu grupo pode fazer um acordo e apoiar o também ex-prefeito Dudu (PTB),  na próxima eleição municipal.

A revelação repercutiu por ter sido feita pelo ex-prefeito publicamente na emissora de rádio, que tem forte audiência na cidade.

As especulações em torno da união entre Dudu e o grupo de Neide, no entanto, vêm desde a campanha eleitoral passada.

A própria oposição, que perdeu a eleição de outubro, já estava ciente das conversações entre os dois ex-prefeitos e está convencida de que Dudu,  na campanha, apesar de ter anunciado neutralidade ajudou na vitória de Neide Reino.

“Dudu vendeu um imóvel em Garanhuns e emprestou o dinheiro recebido a prefeita, dando assim uma grande ajuda financeira na campanha”, revelou ao blog uma pessoa ligada à oposição de Capoeiras.

Natural de Capoeiras, Dudu é empresário em Garanhuns e disputou sua primeira eleição em 2004, sendo derrotado por Neném por uma pequena margem de votos.

Foi uma campanha difícil em que Luiz Claudino de Souza sofreu diversos tipos de humilhação. Foi submetido a um teste de alfabetização e sua candidatura não foi aceita pela juíza da comarca. Ele recorreu ao TRE e a decisão foi revertida a seu favor.

Seus adversários na disputa de 2004 o chamavam da analfabeto, “jumento” (botavam até o urro do animal num carro de som para fazer gracinhas) e até de “urubu".

Em 2008, quando foi candidato novamente, Dudu enfrentou os mesmos preconceitos, mas venceu Luiz Pereira (Lula do Posto), candidato apoiado por Neném, por 1.200 votos de diferença.

Fez uma boa gestão com muitas ações principalmente na zona rural. Faltaram ações de impacto na zona urbana e uma melhor articulação política.

Na campanha da reeleição, em 2012, Neide Reino teve problemas na justiça, mas conseguiu contornar e venceu nas urnas por pouco mais de 200 votos.

Durante sua gestão, Dudu era seguidamente atacado na rádio (depois nos palanques), tanto por Batata como por Neném.

Pela possibilidade de acordo admitido pelo ex-prefeito, Luiz Claudino perdoou todas as acusações e xingamentos feitos por Neném, durante anos,  mas não os de Batata.

PREFEITURA ESCLARECE AUMENTO DO SECRETARIADO

Está havendo muito disse me disse na cidade, com repercussão e comentários nas redes sociais, por conta de projeto da Prefeitura de Garanhuns reajustando o salário dos cargos comissionados em 38%.

Com o aumento, um secretário do município passará de R$ 9 mil por mês para R$ 12. 400,00 a cada 30 dias.

O prefeito Izaías Régis (PTB) justifica a medida porque os integrantes do primeiro escalão do Governo estão há quatro anos sem aumento. Os efetivos são reajustados anualmente e o cumulativo de 2013 a 2016 dá mais ou menos os mesmos 38% dos comissionados.

Segundo o gestor, o aumento do secretariado também é necessário para a montagem de uma boa equipe, pois depende dos integrantes dos primeiros escalões do governo o sucesso da administração.

“Como eu quero fazer uma administração melhor de que a primeira preciso na equipe de pessoas competentes. E quem tem preparo e capacidade não pode ser mal remunerado”, justifica Izaías.

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura, à frente a jornalista Jacqueline Menezes, também divulgou uma nota sobre a proposta enviada à Câmara. No texto ela destaca que o Poder Executivo está reduzindo o número de secretarias, diminuindo também o número de cargos comissionados e ainda reduzindo o percentual das gratificações dos servidores não efetivos.

Abaixo a íntegra da nota da Secretaria de Comunicação:

O Governo Municipal de Garanhuns esclarece alguns pontos levados à imprensa por meio de um integrante do atual legislativo sobre o Projeto de Lei nº 054/2016, que cria nova estrutura e aumenta valores de remuneração de Secretários e Cargos Comissionados. 

É importante salientar que os Cargos Comissionados que vão ter os seus salários reajustados em 2017, estão desde 2007 sem receber nenhum reajuste em seus vencimentos. Os Secretários que também terão reajuste salarial, será uma correção não cumulativa referente aos últimos quatro anos. Todos os demais servidores efetivos, bem como os professores, têm os seus salários reajustados a cada ano, o que ocorre de forma cumulativa ao longo dos anos. 

Outro ponto a esclarecer é quanto às gratificações, elas são regulamentadas por meio de Decreto, que atualmente permite até 70%, mas que deverá ser reduzido para o limite máximo de 40%, porém a sua autorização será limitada, para casos extremamente necessários. Vale salientar também que elas já foram em administrações passadas no limite máximo de 100%, o que já vem sendo corrigido pela atual gestão, reduzindo esse limite máximo. 

Algo mais a ser dito, é que o Governo Municipal no mesmo Projeto de Lei reduziu cargos. Atualmente a estrutura administrativa da Prefeitura de Garanhuns dispõe de 206 cargos comissionados, destes, 193 preenchidos. O novo projeto reduz para 198 cargos. 

Das atuais 20 secretarias, o número cairá para 17. Havendo apenas a criação de uma Secretaria, a de Infraestrutura. Sendo quatro absorvidas por outras já existentes, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (vai absorver Pessoa com Deficiência), a de Agricultura se une à Meio Ambiente ficando com a nomenclatura Desenvolvimento Rural e Meio ambiente, a de Cultura se integrará à de Turismo, ficando assim Secretaria de Turismo e Cultura; e a Ouvidoria se une a Governo, ficando com a nomenclatura de Governo, Articulação Política e Ouvidoria. 

A Prefeitura de Garanhuns vem honrando com o pagamento dos seus servidores rigorosamente em dia, mesmo em tempos de crise. Crise essa que também cria desoneração de salários, principalmente de quem não tem reajustes anuais. E entende que todos que contribuem para o desenvolvimento do município com o préstimo dos seus serviços devem receber correções salariais. Pela natureza do cargo, os servidores que ocupam funções comissionadas trabalham bem além das horas determinadas, alguns trabalhando inclusive, em feriados, e fins de semana, dependendo da sua atribuição. 

O Governo Municipal de Garanhuns preza pela qualidade do serviço prestado à população, bem como busca valorizar o servidor que ajuda a prestar este serviço. 

Secretaria de Comunicação Social - 08 de dezembro de 2016 


CANHOTINHO CIDADE DE MUITAS TRADIÇÕES

Município de muita tradição, cidade antiga, berço de políticos influentes na vida de Pernambuco, como Eraldo Gueiros Leite (que dá nome ao fórum de Garanhuns), que foi governador, Carlos Porto, deputado estadual e hoje no Tribunal de Contas do Estado e José Amorim, que foi prefeito e deputado estadual.
A tradicional família Porto hoje tem como representante do município na Assembleia Legislativa o deputado Álvaro Porto, um dos mais atuantes do Estado.
Canhotinho foi elevada à condição de cidade desde 1903 e teve Lajedo, hoje com uma população maior, como distrito até 1949.
No livro “Pernambucânia”, o jornalista Homero Fonseca nos traz as seguintes informações sobre Canhotinho:
O historiador José Costa Porto, em obra sobre o município, revela ter sido retardado o povoamento da região, atribuindo o fato aos distúrbios causados pelos combates à República de Palmares, no século XVII.
Segundo seu relato, embora o Sr. Antônio Vieira de Melo, herdeiro de sesmaria herdada ao seu pai, tenha procurado explorá-la desde 1690, somente em 1812 colonos regulares ali se estabeleceram. Entre eles o fazendeiro José das Neves Camelo que, em fins do século XVIII, ergueu uma capela a São Sebastião.
Em 1850 começou a funcionar uma feira no vilarejo, cujo crescimento tomou impulso em 1885 com a passagem festiva da primeira composição no ramal da Estrada de Ferro do São Francisco.
Canhotinho foi elevada a cidade nos primeiros anos do século passado, emancipando-se de São Bento do Una.
Diz a tradição que o nome da cidade deriva da existência de dois irmãos, conhecidos por Canhoto e Canhotinho – e que seriam o pioneiro José Neves e seu irmão João das Neves Camelo.
Costa Porto, entretanto, observa que, muito antes da chegada deles (1812) já havia referência documental ao Rio Canhoto, datada de 1791. Vem daí, pois, a primeira denominação – Povoação da Volta (do rio) – seguida por Volta do Canhoto e, a partir de fins do século XIX, Canhotinho.
O gentílico dos naturais da cidade é canhotinhense. A área do município é de 432 km2 e a população pelo censo de 2010 era de 24.536, com 14.121 pessoas residindo na zona urbana e 10.415 na zona rural. A estimativa do IBGE para 2016 fica em torno de 24 e 800 habitantes.
Esta semana o blog publicou uma reportagem, de autoria de Júnior Almeida, revelando que mora em Canhotinho um senhor de 90 anos de idade, José David da Silva, que mantém na cidade, por conta própria, uma galeria de artes que é um verdadeiro museu, com informações importantes sobre o município. 

ARMANDO VÊ OMISSÃO DO GOVERNO CONTRA A SECA

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) acusou, nesta quinta-feira (8) o Governo do Estado de não haver se preparado adequadamente para enfrentar a Seca em Pernambuco, considerada a pior dos últimos 60 anos. Em discurso no plenário do Senado, enfatizou que “faltaram pró-atividade e capacidade de antecipação ao quadro de colapso” provocado pela estiagem, sobretudo no Agreste.

Segundo Armando, o governo estadual ignorou os alertas de especialistas que, ainda em 2012, apontavam que estava se avizinhando um período de seca mais severa do que no biênio 1983-84. Disse que, apesar do alto grau de vulnerabilidade do Agreste a estiagens, pela alta densidade demográfica e pela natureza das suas atividades produtivas e inexistência de reservas subterrâneas, somente agora, depois dos efeitos econômicos e sociais “devastadores” da seca, o governo local está tomando providências e com resultados apenas a partir do próximo ano.

“O Governo do Estado tinha alternativas. Ou se prepararia para assumir, com aportes de recursos, a obra da Adutora do Agreste e assim contribuiria para sua conclusão, ou buscaria outras opções, que somente agora estão sendo providenciadas, em caráter emergencial, depois de se constatar a crise de abastecimento d´água e de se assistir a graves perdas econômicas”, assinalou.

O senador petebista salientou que ficará apenas para 2017 a conclusão de obras como a Adutora do Pirangi, financiada pelo Banco Mundial, a perfuração de poços profundos em Tupanatinga e a construção do sistema Adutor do Moxotó, que dependem de recursos do governo federal,  cuja liberação anunciou que irá cobrar. “Até lá, infelizmente, o sofrimento da população continuará, como admitiu o presidente da Compesa, Roberto Tavares”, acrescentou.  

Perdas dramáticas -  Armando Monteiro listou, no seu discurso, algumas das perdas econômicas provocadas pela seca, que classificou como “dramáticas”, especialmente no Agreste:

  • queda de 9,2% no PIB da agropecuária no primeiro semestre, comparativamente a igual período de 2015;
  • redução de 25% na produtividade da bacia leiteira, que caiu de 2,5 milhões para 1,4 milhão de litros diários de leite, enquanto a produção de queijo diminuiu para menos da metade, de 40 mil quilos/dia para 18 mil;
  • fechamento de 40% das lavanderias usadas na produção de jeans do polo de confecções, cuja produção, de 720 milhões de peças em 2015, cairá em 20 milhões de peças este ano, pela escassez de água;
  • desativação de vários aviários, cuja atividade necessita de 700 carros pipa diariamente;
  • nada menos do que 25 dos 71 municípios do Agreste dependem exclusivamente, para acesso à água, de carros pipa,  cujo preço dobrou, pulando de R$ 150 para R$ 300 cada.

OPORTUNISMO- O Governo do Estado respondeu as críticas do senador Armando Monteiro através de uma nota, assinada pelo Secretário de Agricultura de Pernambuco, Nilton Mota. Ele rebate o petebista e considera seu discurso, diante do drama causado pela estiagem, como mero oportunismo.

A NOTA

"É lamentável que o senador Armando Monteiro venha tentar tirar proveito eleitoral de uma seca que aflige, há seis anos, os milhões de nordestinos e não apenas os pernambucanos.

Dos R$ 2,5 bilhões investidos até agora pelo Governo Paulo Câmara, R$ 682 milhões foram em recursos hídricos, 30%, portanto. A Compesa, sozinha, investiu mais de R$ 500 milhões, o que soma quase R$ 1,2 bilhão em investimentos na área. Talvez o senador, por viver tão distante de Pernambuco, não tenha essas informações.

O governador Paulo Câmara e seus colegas do Nordeste têm alertado a União para o problema da seca na Região desde o Governo Dilma, o mesmo do qual o senador fez parte.

O senador Armando ficou calado quando o Governo Dilma, do qual fazia parte como ministro, praticamente parou a Adutora do Agreste. Ele simplesmente se omitiu.

O governador Paulo Câmara não ficou parado e determinou a construção de uma alternativa para levar água da Mata Sul para o Agreste, por meio do Sistema Pirangi, que vai captar água no rio de mesmo nome, em Catende, na Mata Sul, para incrementar o Sistema do Prata. E vai entrar em operação no início de 2017.

Há poucos dias, o governador Paulo liderou uma reunião dos governadores nordestinos que foi decisiva na negociação com o Governo Federal para assegurar mais recursos para a nossa região. Inclusive amanhã (09/12) será dada pelo Governo Federal, Ordem de Serviço para execução de obra de R$ 34 milhões para levar água da Barragem de Sirigi (Mata Norte) a nove municípios do Agreste Setentrional. Desde o início de 2015 o Governo de Pernambuco tinha disponibilizado o projeto à Presidente Dilma, que nada fez.

Pergunta-se assim, qual iniciativa produtiva sobre a questão o senador fez até o momento?

O Governo de Pernambuco fez uma reunião com a bancada federal para discutir as prioridades de Pernambuco no Orçamento Geral da União e o senador se ausentou. Em parceria com a bancada federal, o governador Paulo conseguiu priorizar as emendas parlamentares para a área de recursos hídricos.

Não é com discursos oportunistas na tribuna do Senado - visando apenas projetos eleitorais pessoais - que vamos enfrentar e vencer o desafio da convivência com a seca".

Nilton Mota
Secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

ARMANDO E GORDO SERÃO DIPLOMADOS NO DIA 12

Armando Duarte (PTB) e Severino Gordo (PSDB), reeleitos prefeito e vice-prefeito de Caetés, na eleição de outubro deste ano, serão diplomados na próxima segunda-feira, dia 12, em solenidade marcada para às 10h, no Fórum Adalberto Bezerra de Melo, no município de Capoeiras.

Assim como os vencedores da disputa majoritária, também serão diplomados os 11 vereadores eleitos de Caetés, no pleito municipal.

Armando e Severino obtiveram um total de 8.353 votos, contra 5.758 do representante da oposição, Benedito da Silva (PSB).

Abaixo a relação dos vereadores que serão diplomados em Caetés e a votação de cada um:

Irmão Naldinho (PTC) – 1.059
Tonho de Nina (PT do B) – 979
Di de Maria Cabrinha (PT do B) – 957
Lena (PP) – 900
Batonho (PT do B) – 813
Paulinho do Gordo (PSDB) – 784
Rozana Cavalcante (PTB) – 770
Gauso (PTB) – 747
Jocelino (PSB) – 722
Everaldo Ribeiro (PSB) – 438
Sebastião de Dede (PSB) - 384

IZAÍAS MANDA PAGAR 13º NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

O prefeito Izaías Régis esteve reunido hoje com os secretários de administração e saúde, os presidentes da Aesga e do IPSG e um representante da Secretaria da Fazenda.  Na oportunidade o gestor determinou que a segunda parcela do 13º salário seja adiantada e o pagamento seja efetuado na próxima segunda-feira, dia 12.

Antes o pagamento tinha sido marcado para o dia 20 deste mês.

“Vivemos um momento de crise é bem verdade, mas quando se administra com eficiência cumprimos com todos os nossos compromissos, inclusive pagando rigorosamente em dia o salário dos nossos servidores”, comentou Izaías.

O NATAL DO COLÉGIO SANTA JOANA D´ARC


Em comemoração ao fechamento do ciclo natalino e de final de ano, crianças e jovens do Colégio Santa Joana D´Arc confraternizaram entre si e com os seus professores.

Na ocasião, os estudantes puderam desfrutar de momentos  de lazer e diversão passeando por nossa amada Garanhuns e aproveitando a beleza e o encanto do Natal Luz.

Com pausa para lanche, amigo secreto e muitas fotografias, as confraternizações de nossos concluintes foram sucesso absoluto!

A alegria da vitória também enriquece e faz parte de uma aprendizagem significativa para toda a vida.

O sorriso de nossas crianças e jovens fazem parte do nosso compromisso como profissionais da educação e casa de ensino.


Exclusividade para seu filho (a) é fazer parte da família Joana D'Arc!